10 curtas curtíssimos de terror que apavoram

Com a expansão de tecnologias portáteis como celulares e tablets, muitos cineastas têm aproveitado a chance de divulgar os seus trabalhos diretamente para essas plataformas, através da realização de obras curtas, ou muito curtas. E se há algumas décadas atrás filmes de baixa minutagem tinham um caráter mais experimental, hoje eles são vistos como trampolins para os seus autores garantirem maior espaço na indústria cinematográfica. Aqui vai uma lista de dez obras supercurtas, mas que nem por isso deixam de assustar.

  1. Tuck Me In

    Ignacio F. Rodó | Espanha | 2014
  2. Mamá

    Andy Muschietti | Espanha | 2008
  3. Selfie

    Drew Daywalt | EUA | 2013
  4. Lights Out

    David Sandberg | Suécia | 2013
  5. 2AM: The Smiling Man

    Michael Evans | EUA | 2013
  6. White with Red

    Brandon Christensen | EUA | 2013
  7. One Last Dive

    Jason Eisener | Canadá | 2013
  8. Ouiji

    Azron Shai | EUA | 2016
  9. Breathless

    Lewis Farinella | EUA | 2010
  10. A. Friend

    Amaury Dequé, Erwann Kerroc’h e Guillaume Le Moal | França | 2015

Sobre o Autor

Titi Gomez Já estive atendente de vídeo-locadora, ator, educador de uma creche, escritor, barman... Sou chegado em trecos DIY e tattoos... Go Vegan!

Deixe seu comentário